sábado, 14 de agosto de 2010

Eu sei






Dia 14/08/2010...mais uma postagem!
Antigas postagens: Conciliação de sentimentos, Procura-se uma mentira, Busca da essência, Meu carro andróide, Panos e Pratos, Acorde Aline, Minhas palavras e Trilar das águas.
Agradeço por tudo!




Eu sei

Eu perco o rumo
as chaves de casa
numa estrada
de um paradeiro duvidoso
achei-me um dia
sem agasalhos
numa escada de rua

as coisas não vão bem
eu sei
procuro a escuridão
como luz no fim do túnel
eu sei
confiando no mau-caráter
que só quer meu bem
eu sei
meu valor não tem importância
nesse jogo de estranhos
sem fim

eu ando me jogando
de um lugar bem alto
e não tem volta
meu corpo sagrado
está todo espetado
por pontas de ilusão
que sonho irreal

as coisas não vão bem
eu sei
eu procuro a escuridão
como luz no fim do túnel
eu sei
confiando no mau-caráter
que só quer meu bem
eu sei
meu valor não tem importância
nesse jogo de estranhos
sem fim

dou voltas parado
enlouquecido e maltratado
num teco de instantes
com um fumo calmante
que faz a desarmonia
do meu corpo largado
estou sem razão, sem paixão

as coisas não vão bem
eu sei
eu procuro a escuridão
como luz no fim do túnel
eu sei
confiando no mau-caráter
que só quer meu bem
eu sei
meu valor não tem importância
nesse jogo de estranhos
sem fim


by Walney Guimarães.

Todos os Direitos Autorais reservados.

Direitos Autorais da foto reservados a Guilherme Motta.

65 comentários:

  1. Legal a iniciativa

    tem de melhorar alguns ponto no blog ainda

    abrass
    passa no meu depois...

    www.ovosmexidos.com.br

    ResponderExcluir
  2. Estou confusa! Eu juro que tentei compreender o poema com sua idéia mais explícita, mas algo no fundo do poema, nas entrelinhas, me diz algo sobre o seu coração. Estranho, não? Espero ser só um impressão errônea. :) Os corriqueiros "Mil beijos" pra vc. Até o próximo post do blog! o/

    ResponderExcluir
  3. Obrigado pela indicação dos selos!!

    Adorei esse post!

    Abraços!
    Leandro Hellsing

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de dizer que esse poema é muito bom. Cara, "O mau caráter que quer nosso bem", isso realmente acontece, pq muitas vezes não se sabe com quem estamos lidando...
    Tô te seguindo.

    ResponderExcluir
  5. Acho que você estava falando das varias faces das pessoas, e as vezes das 'mascaras' que usamos pra nos escondermos de nós mesmos, enfim q-, gostei *-*

    ResponderExcluir
  6. Puxa, que texto bonito, tocante. Gosto de escrever assim também. Boa sorte com o blog.

    Passa lá

    http://juogata.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Plavaras simples e intensas! Parabéns!

    ResponderExcluir
  8. Tens toda razão cara, confiemos no nosso caráter que para muito é a única coisa que restou e sinceramente só quer nosso bem, por si só. Ótimo texto e o blog bom demais, como sempre. Abraços,

    www.catarseonline.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Eu sei que ninguém tem valor, ou pelo menos não é dado o valor. E o poema parece mesmo uma letra de música... se você tiver algum instrumento por perto, podia até arranjar...

    Abraço! ;)

    http://anpulheta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Não entendo muito bem mas adorei o poema
    Blog de mais
    Abraço

    ResponderExcluir
  11. Parabéns!
    Suas palavras seguem uma perfeita ordem psicológica.

    ResponderExcluir
  12. tem valor sim... e alias...
    eu não poderia passar por aqui sem dizer q vc tá um
    charme nessa farda!!!

    bjo!

    ResponderExcluir
  13. muito bem escrito o texto, parabéns e sucesso!

    ResponderExcluir
  14. Seu texto tem uma pegada de canção pop. Merece algumas releituras, ajustes aqui e acolá. Mas tem algum futuro por aí. Abraços e sucesso com o blog!

    ResponderExcluir
  15. Belo texto, um dos melhores que já li aqui.

    ResponderExcluir
  16. Post muito legal, complicado, nos estimulada a se esforçar em achar a compreensão!
    muito bom!

    ResponderExcluir
  17. Muito bonito o seu texto. Parabéns.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Excelente!Posso dizer que esse foi o melhor na minha opinião.

    ResponderExcluir
  19. Talentoso, quando vai lançar seu livro ?

    ResponderExcluir
  20. muito legal, voce escreve muito bem! =D

    http://tricotandoa4maos.blogspot.com/
    maiza

    ResponderExcluir
  21. ta muito bem escrito
    manda p/ uma editora
    xD

    ResponderExcluir
  22. Nossa!
    Bom mesmo...
    http://laysab.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Gostei da postagem, você escreve muito bem!

    abraços

    ResponderExcluir
  24. bom trabalho! fikou maneiro
    sei q vc já tem um monte de paradinha de corrente
    dos blogs
    mas toh mandando mais uma mesmo assim hehehe
    te indiquei para o selo de qualidade ok
    abç

    ResponderExcluir
  25. Profundo, misterioso, instigante, muito bom!!
    Guimarães de Guimarães Rosa!?!? AHUAHAUHAUA =)
    seus textos são tão profundos, qaunto os dele.
    adorei =) Danii~

    decifraveisentrelinhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. to te seguindo ja me segue

    wwww.seequella.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Esse poema é bem bacana, bom de reler.
    Aliás, o novo plano de fundo ficou bem legal!

    Abraço! ;)

    http://anpulheta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Interessante seu blog com essas imagens e tudo. Tem tudoa a ver.
    Me perco nos labirintos que sao as frases de poemas por isso as vezes fico meio confuso. Mas o seu é bem interessante, inteligente e um tanto misterioso.

    ResponderExcluir
  29. muuito massa seu poema, parabéns mesmo.

    ResponderExcluir
  30. Gostei do texto/poema...
    Parabens mais uma vez pelo talento!

    Beijinhos

    ---
    www.jehjeh.com

    ResponderExcluir
  31. Procure ser menos explícito, falar tudo em uma poesia não é legal.

    ResponderExcluir
  32. Palavra que tentei entender melhor, mas, não consegui.
    É um poema bastante profundo.

    ResponderExcluir
  33. Poema triste, deprimente. De uma alma perdida!

    http://cerebro-musical.blogspot.com
    Buscando parcerias

    ResponderExcluir
  34. Gostei muito deste poema....me fez lembrar de uma pessoa q eu amo muito.....eu so sei q não vou desistir.

    ResponderExcluir
  35. Bom...Apesar de não ser mto meue stilo

    ResponderExcluir
  36. Ok, gostei.
    Instigante e alucinante.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  37. Bonito texto
    Parabens pelo blog

    Acessa aí http://www.leontextos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  38. Nossa ' muito profundo .
    ficou muito legal D:

    ResponderExcluir
  39. Mas uma super postagem. Gostei bastante, como sempre arrebentando!

    abraço,
    www.todososouvidos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  40. bacana...

    assim meio que nada haver mas me lembrou uma musica.]

    ResponderExcluir
  41. mt lindo o seu blog, tudo o que vs escreve é uma maravilha ' *-*
    Beijos parabéns '

    ResponderExcluir
  42. Eu também sei... belo ritmo tem... a quebra é o que dá aquele tchan... parabens
    http://professorpoetalaor.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  43. Muito bom o poema...

    e os outro também estão muito bons parabens...


    e dedicação no que gosta sempre melhora :d

    abrass

    ResponderExcluir
  44. otimo texto mandou muito bem. voltarei sempre aki

    ResponderExcluir
  45. Foi o melhor texto que já li no seu blog, meus parabéns.

    ResponderExcluir
  46. como sempre seus textos profundos e expressivos, a qualidade sempre subindo, assim como os elogios o/

    http://bonecozumbie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  47. Quando vi o titulo eu lembrei dakela música do papas na lingua, mas o texto...fikei confusa

    ResponderExcluir
  48. bela postagem mano

    continui assim


    http://adolescente-antenado.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  49. Parabéns pelo blog.
    gostei do post.
    BJs

    ResponderExcluir
  50. meus parabéns. Continua surpreendendo.
    sucesso.
    Marinho

    ResponderExcluir
  51. Oii Vaunei tem selos para vc no meu blog...

    Beijos!!

    http://entrelinnhas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  52. Muito legal seu blog!
    o Brasil esta precisando de um pouco de poesia!
    www.todososouvidos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  53. Mais um poema belíssimo. Você demonstra certa inquietação, desespero, culpa, reconhecimento de que está perdido. A repetição de versos denota isso.. Você quer deixar claro o que lhe incomoda, esse sentimento. Enfim, um poeta por excelência, que varia estilos, mas continua imprimindo sua marca em tudo que escreve.

    http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  54. Eu também sei!
    Estou contigo nessa...

    abs,
    Fernando Piovezam
    seuanonimo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  55. Excelente texto, muito expressivo e verdadeiro

    ResponderExcluir